Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

O dia Mundial do Meio Ambiente, que acontece nesta quarta-feira 5, foi marcado por ações importantes da Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma).

A equipe se concentrou no Parque Linear, no bairro Dinamérica, com representantes do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema), com membros do Ministério Público, representantes da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (SUDEMA), assim como representantes do Fórum do Bem Estar Animal e Coordenadoria do Programa Minha Árvore, da Sesuma.

Durante toda semana que envolve a data do meio ambiente, Campina Grande ganhará cerca de 3 mil mudas, inclusive 16 foram plantadas durante a ação, por estudantes de uma escola particular da cidade e membros da Sesuma.

“Estamos distribuindo dezenas de mudas de árvores, que ajudam e colaboram para o meio ambiente, dando qualidade de vida às pessoas, principalmente aqui no Parque Linear, que corresponde a uma grande área de lazer, que será bem arborizada, onde as pessoas possam caminhar na sombra, respirar melhor. Temos cerca de 130 mil árvores, fiscalizadas e cuidadas pela nossa secretaria, uma missão boa, mas bem difícil”, explicou Sargento Neto, secretário da Sesuma.

A coordenadora municipal do meio ambiente, Lilian Ribeiro, fez um alerta à população para a causa ambiental, independente do dia.

“A nossa função é essa, abrir os olhos da população, pra gente se policiar, repensar nossas atitudes, rever nossos conceitos, que todos possam se sensibilizar para a causa ambiental, seja a causa animal, seja arborização, seja coleta seletiva, seja ela ser humano”, disse Lilian.

O Ministério Público esteve sendo representado por Fábio Lucena, técnico ministerial da promotoria do meio ambiente, que falou da importância em acompanhar a data, mas lembrou que o trabalho tem que ser durante todo o ano.

“Todos os dias estamos juntos, pois o meio ambiente não é só essa data, são todos os dias e graças a Deus sempre deu tudo certo”, disse Fábio Lucena.

Já a advogada Yanara Leal, conselheira municipal do meio ambiente, destacou o trabalho que vem sendo feito pela Sudema, principalmente de fiscalização nos municípios, para que tudo possa ser seguido da forma correta.

“A gente precisa eliminar o CO2 que liberamos na atmosfera e a nossa contribuição para as mudanças climáticas está justamente no desmatamento e nas queimadas e eu venho participando das aberturas do meio ambiente em outros municípios e estão muito voltadas para a questão da preservação, da derrubada das árvores, das florestas, uma forma da gente contribuir para não emissão do CO2”, respondeu a advogada.

Na oportunidade, o Secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Sargento Neto, foi empossado como o novo presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema).

“Vamos seguir firmes o nosso trabalho, mas sempre informando que cuidar do meio ambiente não é só plantar árvores, é descartar o lixo em locais adequados, é colaborar com a nossa secretaria, com a coleta regular, que as pessoas não descartem lixo em terrenos baldios para danificar o meio ambiente sujando a cidade, portanto falar de meio ambiente é cuidado com a saúde e com a educação e o zelo da nossa cidade”, esclareceu Sargento Neto.