Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

No dia 07 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Mineração, e a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEPB, tem dados que mostram a importância da indústria de mineração no estado. De acordo com levantamento da CINEP, a Paraíba é responsável por mais de 90% da produção de bentonita bruta no Brasil, e é o maior estado produtor de cimento do Nordeste, representando cerca de 27% da produção regional. Além disso, é o quinto maior exportador de rochas ornamentais, com crescimento de 13% sobre o ano anterior.

E a indústria de mineração paraibana, se destaca também pelo avançado processo de modernização, ampliação e geração de emprego e renda, além de colaborar com a transição para uma economia de baixo carbono.

Investimentos recentes em pesquisa mineral têm revelado novas reservas de granito e filito cerâmico, melhorando a posição da Paraíba, no ranking das reservas nacionais, além de um aumento significativo das reservas de feldspato e argilas comuns.

“É com imensa satisfação que comemoramos o dia da mineração. Esse importante ramo de atividade industrial que avança sempre priorizando o compromisso de desenvolver o país com sustentabilidade. A mineração está presente no nosso cotidiano, nas nossas casas, na construção civil, nos insumos farmacêuticos, na agricultura. Conjunto de elementos imprescindíveis para o conforto e qualidade de vida das pessoas. Então, neste dia 7 de maio, parabenizo todos que compõem a cadeia produtiva da indústria de mineração da Paraíba e do Brasil”, disse o presidente da FIEPB, Cassiano Pascoal Pereira Neto.

Os recursos minerais da Paraíba foram classificados pelo critério utilitário da substância de valor econômico, com destaque absoluto para os minerais, não-metálicos ou industriais. É uma indústria que por meio da sua potencialidade, e através do empenho dos mineradores colabora de forma decisiva para colocar a Paraíba e o Brasil em posição de destaque.