Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

O Hospital da Criança e do Adolescente (HCA) atingiu um recorde histórico de atendimentos no mês de abril. A unidade hospitalar realizou 8.964 procedimentos nos 30 dias, o que representa uma média de quase 300 atendimentos por dia. No mesmo mês no ano passado, foram 6.543 procedimentos, o que significa um aumento de 36%.

O número de procedimentos representa mais que o dobro dos meses anteriores. O mês de março já havia sido o período com mais atendimentos historicamente, quando foram realizados mais de 7 mil.

A maior parte dos casos de urgência e emergência é de síndromes respiratórias ocasionadas pelo Vírus Sincicial Respiratório. Por causa disso, a Prefeitura de Campina Grande lançou no início do mês passado o projeto Campina Cuida das Crianças, que consiste na descentralização dos atendimentos pediátricos e na distribuição de dispositivos de lavagem nasal infantil na Atenção Primária à Saúde.

O atendimento com pediatra nas Policlínicas é voltado a casos de leves a moderados. O funcionamento é de segunda a sexta-feira das 7h às 18h nas Policlínicas das Malvinas, Liberdade, Catolé e Bela Vista. No Centro de Saúde Francisco Pinto, no Centro, o horário é estendido até as 21h.

O Município também disponibilizou 10 mil garrafinhas de lavagem nasal para serem distribuídas no HCA, bem como nas Policlínicas que fazem o atendimento pediátrico e nos distritos de São José da Mata e Galante. O lavador nasal evita que a congestão nasal nas vias respiratórias superiores atinja os brônquios e os pulmões, o que pode causar bronquiolite e pneumonia.

O HCA tem mais de 50 leitos, entre enfermaria e UTI e também tem 25 ambulatórios de atendimentos eletivos com tratamentos contínuos. Um deles, inclusive, é voltado a crianças com Síndrome de Down. O hospital atende pacientes de mais de 70 municípios pactuados da segunda macrorregião de saúde. A Secretaria Municipal também contratualizou leitos nos hospitais HELP e Clipsi.