Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

Uma adolescente de 12 anos, natural de Sousa, que estava internada no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, com suspeita de meningite, morreu na última sexta-feira (10).

A Vigilância em Saúde informou que a causa precisa da morte ainda está sob investigação, aguardando os resultados dos exames realizados pelo Lacen-PB. Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde, até o dia 4 deste mês, foram notificados 48 casos de meningite na Paraíba, com 18 confirmações e duas mortes.

Inicialmente, a adolescente foi internada no Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos, no dia 3 deste mês, após apresentar sintomas indicativos de meningite, como febre, intensa dor de cabeça, dor na nuca e náuseas. Seu estado de saúde se agravou rapidamente, com redução do estado de consciência.

Após sua admissão, iniciou-se antibioticoterapia para combater a infecção. No entanto, seu quadro neurológico continuou a piorar, com falta de resposta a estímulos, pupilas dilatadas e ausência de reação à luz, sugerindo uma possível morte cerebral desde sua chegada à unidade.

Apesar dos esforços médicos, incluindo suporte ventilatório e fisioterapia, não houve melhora significativa em seu estado neurológico. Posteriormente, ela foi transferida para Campina Grande, onde um protocolo de morte encefálica foi estabelecido, confirmando a irreversibilidade do quadro e, finalmente, o óbito.

 

PBAgora