Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), está realizando o curso de identificação veicular para Agentes de Trânsito e outros profissionais da segurança pública da Paraíba. O objetivo é capacitar os profissionais para identificar os sinais de adulteração em veículos, reforçando assim o combate à criminalidade.

A capacitação será realizada até a próxima sexta-feira, 26, nos turnos da manhã (8h às 12h) e tarde (14h às 18h), no auditório da Escola Superior de Aviação Civil (ESAC). Na quinta-feira, 25, haverá uma aula prática, no pátio, para onde são removidos os veículos que são apreendidos por desrespeito à legislação de trânsito.

Ministrado pelo agente de Trânsito Wilker José Bezerra, de Bragança do Pará, estado do Pará, o curso conta com a participação dos agentes da STTP; de policiais civis, rodoviários federais e militares (Choque e Rotam); e de representantes do Detran, do Instituto de Perícia Científica (IPC) e das Superintendências de Mobilidade de João Pessoa e Guarabira.

“O São João está à porta e sabemos que é um período crucial para que os órgãos da segurança pública se unam para agir diretamente no combate ao crime e, mais especificamente, para evitar roubos de veículos e identificar os que estiverem circulando de forma irregular com as características adulteradas. Então é muito importante que nossos agentes sejam capacitados para atuar em parceria com as polícias e demais órgãos e assim fazer de Campina Grande uma cidade cada vez mais segura”, ressaltou o superintendente da STTP, Vitor Ribeiro.

A qualificação foi planejada a partir das novas atribuições dos agentes de trânsito municipais, os quais agora podem, segundo o Código de Trânsito Brasileiro, atuar fiscalizando situações diretamente ligadas aos veículos, o que lhes garante a responsabilidade de estarem capacitados para identificarem casos de adulteração.