Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

O Conselho da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEPB, elegeu na tarde desta terça-feira, 9 de abril, Cassiano Pascoal Pereira Neto, como novo presidente da entidade. A eleição entre os três vice-presidentes executivos (representantes das regiões sindicais de Campina Grande, João Pessoa e Sertão), aconteceu na sede da federação em Campina Grande e foi conduzida pelo auditor fiscal do Trabalho, José Cursino Nunes Raposo.

Cassiano Pereira ocupava na gestão anterior, o cargo de vice-presidente da FIEPB para a Região Sindical de Campina Grande. O industrial, que é natural da cidade sede da Federação, atua no setor de Mineração como sócio na empresa Mibra Minérios Ltda., em atividade há 40 anos na cidade.

Atualmente, Cassiano Pereira é presidente do Sindicato da Indústria de Extração de Minerais Não-Metálicos do Estado da Paraíba – Sindminerais/PB, representante da FIEPB no Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba – FAIN, membro do Conselho Temático de Mineração – COMIN, junto à Confederação Nacional da Indústria – CNI, cuja nomeação foi feita pelo atual presidente da entidade nacional, Antônio Ricardo Alban.

Ele também é conselheiro do SESI/PB. Já foi Secretário de Estado Interiorização do Governo do Estado da Paraíba e presidente da Empresa Municipal de Urbanização da Borborema – Urbema.

“O resultado desta eleição representa o sentimento de renovação para a indústria paraibana. Os tempos que virão a partir de agora terão como prioridade a indústria e a humanização das nossas ações. Temos um programa de gestão que foi elaborado com responsabilidade para que os compromissos assumidos sejam cumpridos e a FIEPB retome sua jornada de trabalho, credibilidade e representatividade junto à sociedade paraibana”, disse Cassiano Pascoal, complementando que “a indústria paraibana tem como pauta principal, a defesa de interesses e apoio para que tenhamos os pleitos atendidos com agilidade. A renovação será o carro chefe dessa nova gestão que por si já representa a alternância de poder”.

“A gente espera fazer uma gestão compartilhada, onde as indústrias do Sertão sejam ouvidas e assim a gente possa fazer um trabalho diferenciado de forma transparente e que muita coisa seja feita, não só para o sertão, mas também pela Paraíba. Que o compromisso de Cassiano seja com toda a Paraíba. Esse é o nosso intuito, trabalhar por todas as indústrias do estado”, disse Clodoaldo Andrade de Amorim, vice-presidente da FIEPB para a Região Sindical do Sertão.

Carta proposta para sua gestão
O Programa de Gestão de Cassiano Pascoal Pereira Neto para a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba relaciona as prioridades que entram na pauta da instituição a partir da posse do novo presidente.

Entre as propostas elaboradas está a criação de uma comissão, entre integrantes do Conselho de Representantes da FIEPB, para realização de um estudo e reforma do estatuto. O documento atualizado deverá instituir que o presidente somente poderá ser reeleito para um único período de mandato consecutivo.

A contratação imediata de auditoria especializada independente é outra proposta que tem o objetivo de efetuar uma análise para aferição do patrimônio contábil da entidade, de acordo com as diretrizes previstas no estatuto. Com base no diagnóstico da auditoria serão averiguados dados e informações e com base neles, alterar e/ou corrigir procedimentos.

A nova gestão da FIEPB também pretende fazer funcionar, de forma efetiva, o Portal da Transparência, ferramenta de acompanhamento online de contratos, convênios e aplicação de recursos, com participação e discussão da classe empresarial e sociedade em geral.

A introdução de gestão compartilhada, a partir da criação de um Conselho Gestor, será um importante diferencial da nova presidência, que em conjunto com os membros do conselho, irá gerenciar os atos administrativos do Sistema Indústria.

Em pauta também entrará a criação de um Conselho Temático, integrado por membros do Centro da Indústria do Estado da Paraíba – CIEP, e industriais sem vínculos com a direção ou sindicatos.

O apoio aos sindicatos industriais é outro ponto de destaque no programa de gestão de Cassiano Pereira. “É nossa meta disponibilizar espaço físico na sede da FIEPB e nas demais regiões sindicais, equipados com toda estrutura necessária para utilização exclusiva dos sindicatos filiados e do Centro da Indústria do Estado da Paraíba – CIEP, associação imprescindível para a condução da entidade, fortalecendo assim, o associativismo e o movimento sindical industrial na Paraíba”, explicou Cassiano Pascoal Pereira Neto.

Outros pontos relevantes da proposta são:

Avaliar, em conjunto com o Conselho, manutenção de equipamentos e convênios, do Sistema Indústria;
Levantamento, avaliação e otimização do quadro de colaboradores, com intuito de promover organização e eficiência nos departamentos da entidade. Valorização dos servidores observando critérios técnicos, de antiguidade e de mérito;
Definição do método de escolha, exclusivamente entre industriais filiados e presidentes de sindicatos, para representar a Federação das Indústrias da Paraíba, FIEP, perante a agenda legislativa da Confederação Nacional da Indústria, CNI, no Congresso Nacional.