Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

O Ministério da Saúde publicou na segunda-feira, 8, a portaria ministerial 3.054 que credencia novas equipes de Estratégia de Saúde da Família em dezenas de municípios brasileiros. Campina Grande foi contemplada com mais 83 equipes, sendo a segunda com mais habilitações na portaria em todo o país.

Com o credenciamento, a cidade vai ampliar de 121 equipes para 204, resultando em um aumento de cerca de 70%. A ação pioneira vai fazer com que a cidade tenha cobertura de 100% da população na Atenção Primária à Saúde. O trabalho faz parte do projeto Campina Atende Mais, iniciativa municipal para expansão da Atenção Básica e seus serviços na cidade. O projeto está associado ao programa APS do Futuro, do Ministério da Saúde.

Além de garantir cobertura total da Atenção Primária à Saúde, um dos objetivos é também diminuir o número de cidadãos referenciados por cada equipe, fazendo melhorar a qualidade da assistência na Atenção Básica.

Outros eixos e perspectivas do programa para o fortalecimento da APS são o retorno do NASF, a consolidação do programa Mais Médicos pelo Brasil, o uso de tecnologia na Atenção Básica, o cadastramento de toda a população, entre outras ações.

Campina Grande é uma das primeiras cidades do país a aderir ao programa APS do Futuro. No Nordeste, apenas a Rainha da Borborema e a capital de Pernambuco, Recife, aderiram ao programa.

Futuramente, também haverá o credenciamento das equipes de Saúde Bucal, cujo número vai crescer de 54 para 115.

Campina Grande já vem ampliando a APS nos últimos três anos. A Prefeitura implantou seis Unidades Básicas de Saúde e construiu uma unidade nova, além de reformar e requalificar quase 40 serviços da Atenção Básica. Na Saúde Oral, o crescimento foi de 41 para 54 consultórios odontológicos e a abertura de dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs).