Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

Maior campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Corinthians faturou nesta quinta-feira (25) dentro de casa, na Neo Química Arena, seu 11º título do torneio. O nome do jogo foi o atacante Kayke Ferreira, que marcou um golaço contra o Cruzeiro, aos 39 minutos do segundo tempo, e definiu a partida eletrizante, diante de mais 43 mil torcedores que lotaram as arquibancadas do Itaquerão, na tarde do feriado em São Paulo, em que é celebrada a fundação da cidade de São Paulo.

A conquista do hendecampeonato (11 títulos), põe fim a um hiato de sete anos, desde a última vez que o Corinthians ergueu a taça da Copinha, principal competição de categorias de base no país. O torneio teve início no último dia 2, com 128 times. reunindo cerca de 3,5 mil atletas. com idades entre 15 e 21 anos.

O primeiro tempo foi dominado pelo Cruzeiro. Com quatro jogadores atuando no meio-campo, a equipe mineira foi bem mais criativa, chegando com velocidade no ataque. Logo aos nove minutos, Xavier puxa contra-ataque, invade a área, chuta forte, e no rebote Arthur desperdiçou a chance de abrir o placar chutando para fora. Depois aos 20, nova chance dos Crias da Toca em bela cobrança de falta de Vitinho,que triscou a trave do Timão. Pressionado pela torcida, o Corinthians custou a se encontrar em campo. A melhor oportunidade surgiu já aos 45 minutos, após jogada individual de Kayke, que errou na finalização dentro da pequena área, e no bate-rebate, a bola sobrou para Higor dentro da pequena área, mas ele chutou para fora, rente à trave direita do goleiro Felipe Longo.

Depois do intervalo, o Cruzeiro seguiu pressionando em busca do primeiro gol. E por muito pouco não marcou com Vitnho, aos 23 minutos, que mandou uma bomba da entrada da área, mas Felipe Longo defendeu e salvou o Timãozinho. Dois minutos depois, Tevis balançou o fundo da rede corintiana com um belo gol: chutou da entrada da área e a bola encobriu goleiro Felipe Longo. No entanto, o gol não foi validado pelo árbitro, que anotou falta de ataque do Cruzeiro. Aos poucos, com jogadas de contra-ataque , o Corinthians foi se soltando mais na partida. Aos 31, Vitor Meer chutou com perigo em direção ao gol. A bola ainda desviou em Arthur Sousa e só não entrou porque o goleiro Otávio estava atento e espalmou para fora. O gol da vitória e hendecampeonato saiu oito minutos depois, com Kayke dominando a bola na entrada da área e soltando um belo chute cruzado, sem chances para o goleiro Otávio.