Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

O Castramóvel, entregue pelo prefeito Bruno Cunha Lima, completou um ano desde o lançamento neste mês de janeiro. Nestes doze meses foram 1.715 procedimentos cirúrgicos e diversos bairros contemplados. Atualmente, o Castramóvel está no Conjunto Major Veneziano.

O Castramóvel foi um investimento de cerca de R$ 1 milhão e é completamente equipado para realizar as cirurgias. Os médicos veterinários e técnicos fazem o procedimento nos próprios bairros. Além das cirurgias na unidade móvel, em 2023 foram realizadas 5.433 operações no centro cirúrgico Centro de Controle de Zoonoses.

O serviço já atendeu os bairros Acácio Figueiredo, Catingueira, Três Irmãs, Velame, Sandra Cavalcante, Tambor, Catolé, Jeremias, José Pinheiro, Monte Castelo, Glória, Nova Brasília, Jardim Europa, Castelo Branco e toda a Zona Leste.

“Estamos circulando com o Castramóvel por todos os bairros da cidade e facilitando o acesso da população ao serviço. Essa é uma ação criada na gestão do prefeito Bruno Cunha Lima que já se estabeleceu como uma política pública de controle populacional animal para controle de zoonoses”, disse o secretário executivo de Saúde, Emmanuel Sousa.

A Prefeitura de Campina Grande também está estruturando um plano para a castração de animais de rua. O CCZ está passando por reforma para ganhar uma estrutura de mais de mil metros quadrados onde ficarão abrigados os animais errantes (de rua) durante o pós-operatório da castração, promovendo controle populacional.

Além disso, a Prefeitura lançou um edital para subsidiar cuidadores, protetores e ONGs da causa animal. No total, 235 inscrições foram registradas, sendo 4 ONGs e 231 pessoas físicas. O investimento é da ordem de R$240.000,00.