Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

A Câmara Municipal de Campina Grande aprovou, na tarde desta sexta-feira (19), o projeto de Lei Orçamentária Anual de 2024 com a aplicação de emendas impositivas no valor de 1.2% para cada vereador, o que representa cerca de R$ 635 mil do orçamento para este ano.

O prefeito Bruno Cunha Lima (União) tentou, junto à sua base, com que a porcentagem ficasse em 0.7%, proposta rejeitada pelos demais pares da Casa de Félix Araújo. Os governistas terão até 20 dias para ajustarem a porcentagem para 1.2%.

O orçamento deveria ter sido votado no final do ano passado.