Compartilhe as últimas notícias do Brasil!

Estão abertas as inscrições para a 6ª Corrida do Bem, evento promovido pelo Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em parceria com a Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel). Quem tiver interesse em se inscrever vai pagar o valor de R$ 100. As inscrições podem ser feitas pelo endereço eletrônico https://hospitaldafap.org.br/eventosfap/corrida-do-bem/.

A Corrida do Bem nesta temporada acontecerá no dia 4 de maio, às 16h, com largada e chegada na Avenida Brasília. A prova terá percursos de três, cinco e dez km, os organizadores do evento, esperam um público superior a 3 mil atletas, neste ano de 2024. A corrida nasceu da iniciativa do então deputado e hoje prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha lima, com o objetivo de arrecadar recursos para o Hospital da FAP e incentivar a prática de atividade física.

A Corrida do Bem também tem o objetivo de conscientizar à população sobre a importância do enfrentamento ao câncer, por meio de campanhas educativas e palestras. Durante o evento, é possível disseminar informações sobre a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado para a doença. A conscientização é essencial para que as pessoas compreendam a importância de adotar hábitos saudáveis, buscar exames regulares e conhecer os sinais de alerta do câncer.

Para o professor Bruno Mendes, da empresa Legião Corredora, apoiador na organização do evento, juntamente com Saulo Marcos da SMCrono, que fará a cronometragem da prova, essa corrida vem crescendo substancialmente a cada ano. Segundo ele, esse crescimento vem se dando pelo apelo beneficente que essa corrida tem, o que sensibiliza muito toda a sociedade campinense.

“É importante que tenhamos o crescimento da Corrida do Bem de forma planejada, para que ela se banque e destine recursos a FAP, essa instituição tão importante para Campina Grande e para a Paraíba. É importante destacarmos que muitas pessoas compram o kit da corrida só com o intuito de ajudar, isso é solidariedade promovida pelo esporte”, avaliou Bruno Mendes.